Minha conta Sair
Disney Parques Disney Baby Aniversário Mágico Filmes

Disney #ComemoraATerra e convida você a conhecer e apoiar líderes e organizações conservacionistas da América Latina

No mês do Dia Internacional da Terra, a Disney anunciou os nomes das organizações sem fins lucrativos da América Latina beneficiadas pelo Fundo para a Conservação da Disney (Disney Conservation Fund), por meio de seu programa anual de bolsas de estudo 2017-2018. Também foram anunciados os 20 Heróis da Conservação que foram reconhecidos e premiados pelo Fundo.

Em 2017, mais de U$S 780.000 foram investidos em projetos que protegem mais de 50 espécies na América Latina. Desde 1995, ano da criação do Fundo para a Conservação da Disney, a Companhia patrocinou mais de 2.000 projetos, auxiliando mais de 600 organizações e 150 heróis em 47 países. Na América Latina, já foram doados mais de U$S11 milhões de dólares.

Organizações beneficiárias do Fundo para a Conservação da Disney:

  • Instituto de Pesquisas Ecológicas (IPÊ) – Brasil. Garante a proteção no longo prazo do Mico Leão Preto no Brasil, por meio do monitoramentoe apoio à conservação de seu ha O IPÊ é considerado uma das maiores ONGs ambientais do país, sediado em Nazaré Paulista (São Paulo),conta com mais de 80 profissionais trabalhando em mais de 30 projetos por ano.
  • Associação Mico-Leão-Dourado (AMLD)– O Brasil realiza um importante trabalho de restauração de habitat com a participação das comunidades locais. Há quatro anos a AMLD e seu trabalho de conservação fazem parte do programa Reverse the Decline, que também conta com apoio da Disney, colaborando para aumentar a população de mico-leão-dourado de 200 indivíduos em 1980 para 3200 animais na atualidade.

  • Northern Jaguar Project – México.Trabalha na conservação do habitat necessário para o jaguar, no norte do México, através de um espaço protegido, a Reserva Jaguar do Norte. Trabalha também naeducação da comunidade com pecuaristas locais e atividades desenhadas para que as crianças passem mais tempo na natureza. “Vivendo com Felinos” é um projeto que trabalha com os donos dos ranchos onde, no passado, os jaguares enfrentaram inúmeras ameaças para sobrevivência e agora encontram um abrigo que ocupa uma área de 220 quilômetros quadrados.

  • Projeto Manta Pacífico Mexicano – México. Procuram inspirar mudanças que garantem o bem-estar dos mares e sua população. Através de meios audiovisuais, contam histórias sobre os mares mexicanos, sua biodiversidade e as comunidades que deles dependem, aproximando a sociedade.

Heróis da Conservação 2017

Foram reconhecidos por sua dedicação em proteger os habitats e as espécies silvestres, assim como por inspirar a comunidade a se comprometer com a natureza e o meio ambiente. Na América Latina destacaram-se:

  • Rocío Palacios, indicada por sua participação na Andean Cat Alliance (Wildlife Conservation Network).Tudo o que hoje é conhecido sobre os felinos andinos, em risco de extinção, é o resultado do trabalho na Andean Cat Alliance, por meio do ecossistema alto-andino da Argentina, Bolívia, Chile e Peru. Rocío é bióloga de Vida Silvestre e coordenadora da organização. Ela cadastrou informações sobre a presença do gato andino na Patagônia e contribuiu para capacitar os guardas dos parques na identificação, monitoramento e conservação da espécie. Além disso, ela se preocupa em envolver as comunidades locais em projetos para reduzir ameaças, como a transformação territorial, a perda de habitat e a caça.
  • Iliana Fonseca, indicada pelo Projeto Manta/Manta Trust. Iliana começou como estudante de biologia marinha, trabalhando com voluntária em uma expedição de quatro meses à procura de arraiasgigantes durante o auge da temporada de furacões do México. Hoje, ela lidera a pesquisa e o desenvolvimento de capacitaçãoe esforços para o Projeto Manta. Sua presença é fundamental para fomentar a confiança com as partes interessadas locais, o que conduz à melhora de práticas e à educação da comunidade. Ela está planejando focar seus estudos de pós-graduação na análise da forma em que as variáveis ambientais podem ajudar a predizer a presença de arraias gigantes, o que contribuirá para reduzir colisões com embarcações e com redes de pesca.

Para conhecer a relação completa dos beneficiários das bolsas de estudo anuais 2017-2018 do Fundo para a Conservação da Disney, acesse DCF Funded Projects 2017-2018.

Comentários