Minha conta Sair
Disney Parques Disney Baby Aniversário Mágico Filmes

Heróis da Terra

Proteger nosso planeta é um objetivo que nos une. Seja desde grandes fundações ou desde nossa casa, juntos podemos contribuir com algo para tornar este mundo mais sustentável. Você vai se-inspirar conhecendo três histórias de Amigos da Terra, que desde os detalhes diários ou a luta constante, transformam o lugar em que moramos.

hxc 1André Ferretti é Gerente de Estratégias de Conservação da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza. Em seu trabalho diário, protege as espécies em ameaça de extinção, isto é, aquelas em que as suas populações e habitat, estão desaparecendo ou diminuindo rapidamente. André recomenda que para promover a conservação é essencial lembrar que é preciso conservar os habitats como um todo, não podermos ter um olhar só para determinado animal ou planta. “Conhecer mais a nossa biodiversidade é um primeiro passo importante, identificando os remanescentes dos ambientes naturais que abrigam populações de espécies ameaçadas para que sejam protegidos”, ele diz. Na sua vida diária, André procura fazer exercícios físicos regularmente, sempre que possível se alimenta com produtos orgânicos – que têm impacto reduzido no meio ambiente, pois não recebem agrotóxicos – e também busca aqueles alimentos mais naturais, menos industrializados. Por último, visita áreas naturais como parques urbanos e unidades de conservação, incentivando o turismo e a conservação dessas áreas. Nos finais de semana, ele costuma usar as bicicletas com sua esposa e filhas.

André Ferretti e família em visita ao Parque Nacional do Iguaçu.


hxc2A conservação da natureza pode parecer tarefa complexa, mas a base para a mudança está nas coisas simples, nos hábitos saudáveis. Isso é o que crê Robson Capretz, analista de Ciência e Informação da Fundação Grupo Boticário. Ele procura ter uma alimentação saudável, com o maior número de alimentos orgânicos na dieta. Além disso, para se locomover em Curitiba usa preferencialmente bicicleta e transporte coletivo. Em casa, ele separa o lixo doméstico e tenta economizar água e energia elétrica, desligando os aparelhos inativos. Robson acredita que para ajudar com a conservação da Terra, nós pudermos usar racionalmente o carro, as sacolas plásticas, a água e a energia elétrica. Exercer nossa cidadania, defendendo o uso de transporte coletivo, bicicletas, manutenção de áreas verdes urbanas e fomento a energias alternativas também são outras ações possíveis.  “Ter a natureza como nossa é, pra mim, o primeiro passo para começar a proteger nosso planeta. Entender nosso papel no mundo, a consequência de nossas ações para o planeta e ter informações necessárias para tomar decisões é o roteiro que funcionou pra mim”, diz Robson.

Robson Capretz trabalha na Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza desde 2012. Ali se encarga do monitoramento de projetos e da análise de tendências, entre outras tarefas.

 

hxc3Em 1978, Suzana Padua deixou sua vida para acompanhar a seu esposo Claudio ao Pontal do Paranapanema, São Paulo. Ali, Claudio começou a realizar pesquisas com o mico-leão-preto, um dos primatas mais raros e ameaçados de extinção no mundo. Hoje, 37 anos depois, Suzana é presidente do Instituto de Pesquisas Ecológicas, fundado por ela e Claudio para a conservação da biodiversidade, em especial do mico- leão preto.  Num dia no Instituto, Suzana é mentora de muitos, traz ideias novas e propõe ações que visam à integridade institucional, ou práticas que condizem com a sustentabilidade. Mais na sua vida diária ela também leva uma vida condizente com o que acredita. É vegetariana e tenta sempre consumir o que é orgânico e o que é produzido perto de onde ela esta, de modo a reduzir o uso de energia.  Por outro lado, o Instituto trabalha com comunidades nos locais em que atua, dando aulas vivenciais de modo de oferecer a um público jovem a experiência da natureza: “Nesses casos, desenvolvemos uma grande variedade de atividades como visitas a locais naturais, plantio de árvores, jogos e materiais educativos que reforçam a transferência de conhecimentos e valores”, diz Suzana.

Suzana Padua numa atividade do Instituto de Pesquisas Ecológicas.

 

Estes amigos da Terra são heróis todos os dias. E você também pode converter-se num de eles! Eleger a bicicleta em vez do ônibus, separar o lixo, escovar-se os dentes com a torneira fechada, apagar as luzes que não são usadas, guardar seus arquivos em formato digital em vez imprimi-os… A lista das ações quotidianas que você pode fazer para cuidar ao meio ambiente é longa! E a melhor parte é que você só vai utilizar um minuto de seu tempo, enquanto nosso planeta será eternamente grato.

Visite www.ipe.org.br se você quer ver mais do trabalho de Suzana e www.grupoboticario.com.br para conhecer mais sobre a missão de Robson e André.

Comentários